Fiscalização das obras irregulares ao alcance das suas mãos

 22/07/2015 /   Notícias
Compartilhar:       Imprimir


Sempre atenta aos novos meios de interação com a população, a Central de Atendimento ao Cidadão 1746 inovou mais uma vez e lançou um serviço pioneiro em atendimentos oferecidos pelas administrações municipais ao redor do mundo: há um mês recebe, via aplicativo de troca de mensagens WhatsApp, solicitações de vistoria de obras e construções irregulares na cidade. O serviço, oferecido pelo numero  (21)98909-1746 recebeu, até o momento, 126 pedidos  – 33 deles na área da Barra e de Jacarepaguá.

Ajudar é simples: basta estar atento a alguns sinais, como a placa de identificação que contenha número de licença concedida pela prefeitura, tipo de edificação e nome técnico profissional responsável.  Novas construções em favelas ou loteamentos declarados Áreas de Especial Interesse Social (AEIS) foram proibidas em 2011. Já reconstrução e reformas precisam de licença da secretaria municipal de Urbanismo.

Atendentes treinados estão a postos 24 horas por dia, sete dias por semana, para receber seu pedido, que pode, e deve, aproveitar os recursos oferecidos pelo aplicativo, como imagens, para ajudar na identificação da obra sob suspeita.

Entenda como funciona

Para fazer a solicitação, envie uma mensagem pelo aplicativo Whatsapp para o número (21) 98909-1746. O atendente solicitará o maior número de informações para identificar o local onde foi observada a construção irregular. Localizada a área da reclamação, os dados serão encaminhados à subprefeitura correspondente, que acionará, dependendo do caso, a secretaria municipal responsável – que pode ser a do Meio Ambiente, Urbanismo, Conservação ou Ordem Pública. O prazo para que a vistoria seja realizada é de dez dias corridos.

Veja também ...